Bullying deixa marcas profundas e sérias. No estudo, violência foi um dos maiores preditores do transtorno do estresse pós-traumático em universitários. Foto ilustrativa/Ingimage

Por que nunca é demais falar sobre o bullying

Abusos frequentes na infância deixam marcas que se estendem à vida universitária e adulta, diz pesquisa. Em alguns casos, efeitos se compararam ao da violência sexual