Submerso no assunto

Mário Domingos, curador científico da exposição Água na Oca, em São Paulo – que enche os olhos com obras de arte e atividades interativas –, é categórico: “A água pode até vir a custar mais que o petróleo. A grande questão é que para ela não há alternativa”