Foto: Agência Brasil

Do ex-ministro ao procurador

Em carta aberta, ex-ministro da Justiça Eugênio Aragão disse a Deltan Dallagnol que “baixe a bole” e “pare de perseguir o Lula e fazer teatro com PowerPoint”

Foto: Carlos Humberto/ Fotos Públicas (02/06/2015)

Gilmar Mendes diz que STF pode anular delações vazadas

Ministros do STF têm demonstrado incômodo com o vazamento dos depoimentos tomados pela Procuradoria-Geral da República de investigados na Lava Jato, principalmente, as oitivas mais recentes, que estão relacionadas com a empreiteira Odebrecht e ainda não foram enviadas ao Supremo para homologação

Plenário do Supremo Tribunal Federal - Foto: Carlos Humberto/SCO/STF

As diferentes voltagens do Supremo

Diante da espetacularização de cada passo das investigações na primeira instância, o andamento da Lava Jato no mais alto tribunal do País pareceu morno, mas, em algumas decisões extraordinárias, ele ocupou o epicentro da crise

Foto: EBC

O lado negativo da operação na sociedade brasileira

Se deixa o legado positivo de escancarar uma parte das relações criminosas do sistema eleitoral, a Lava Jato também parece nos legar uma institucionalidade jurídica mais frágil, típica de estados de exceção

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

“Os procuradores da Lava Jato estão descontrolados”

Convicto de que a força-tarefa extrapola todos os limites e atua em parceria com o juiz Sergio Moro, o que é inconstitucional, o subprocurador-geral da República Eugênio Aragão afirma que seus colegas de Curitiba criam um “quadro de absurdos” ao sacrificar a realidade

parede

A história

O passado auxilia no entendimento do presente, explica nossas características, nossas qualidades e nossos defeitos