Foto:  Luis Macedo / Câmara dos Deputados

Reforma trabalhista é aprovada na Câmara

Entre as mudanças, foi votada a prevalência de negociações entre patrão e empregado sobre o previsto na legislação, a flexibilização de férias e o fim da contribuição sindical obrigatória

Plenário da Câmara dos Deputados - Foto:  Fábio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

Câmara deve votar a reforma trabalhista nesta quarta-feira

O projeto altera vários pontos da CLT, como o princípio de que acordos negociados por patrões e empregados prevalecem sobre a lei e incluindo a possibilidade de fracionamento das férias, e o fim da contribuição sindical obrigatória

Temer anuncia medidas econômicas ao lado do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles - Foto: Agência Brasil

Manual do perfeito midiota – 72: o governo não tem nenhum projeto de reforma da Previdência

Pressionado pelas acusações que atingiram oito de seus ministros na semana passada, além de colocar sob suspeita de corrupção metade de sua base no Congresso, o sr. Temer tenta produzir factoides para distrair a atenção da opinião pública, como essa manobra contábil que ameaça arruinar o sistema de seguridade social do País