Rio de Janeiro - A Polícia Federal e o Exército realizam procedimento de destruição de aproximadamente 4000 armas recolhidas pela PF nos últimos dois anos (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Mais armas, mais mortes

Dois importantes estudos sobre violência letal alertam para a necessidade de desarmamento, mudança no modelo de intervenção policial e implementação de políticas voltadas à preservação da vida, especialmente de jovens negros. Eles continuam sendo 71% das vítimas

Foto: Rafael Alves/TJAM

“O Brasil é o País que mais mata por arma de fogo no mundo”

Estudo publicado hoje mostra que a cada quatro pessoas mortas por armas de fogo no País três são negras. São as mortes anunciadas, que revelam o descaso do País com essa parcela de brasileiros. Não é pouca gente