Meta era alcançar a capital Montevidéu em 30 horas – Foto: Reprodução/Ricardo Chaves

O plano da ditadura para invadir o Uruguai

Exército brasileiro entrou em prontidão para ocupar o país vizinho caso a esquerda uruguaia vencesse as eleições presidenciais de novembro de 1971

Dulce momentos antes de ser banida do Brasil, em imagem feita pela polícia política – Foto: Reprodução

Dulce Maia e a resistência sem trégua

Primeira mulher a ser presa pela ditadura por atuar na luta armada, ela passou o diabo, mas jamais deixou de lado o ativismo

posse-tancredo-04-e1496149775288

“Esta foi a última eleição indireta”

Em janeiro de 1985, depois de eleito presidente por um colégio eleitoral, Tancredo Neves anunciou que faria “corajosas mudanças”. Houve muita comemoração

Meta era neutralizar votos de ministros nomeados por JK e Jango - Foto: Reprodução

Como a ditadura engordou o STF

Convencido de que ministros poderiam votar contra seus interesses, Castello Branco nomeou cinco aliados

Mensagem de Joel Rufino para o filho Nelsinho no Natal de 1973 - Foto: Reprodução

O final do ano em cartas do cárcere

Correspondência entre preso político e filho pequeno inclui narrativa sobre o Natal e até Feliz Ano Novo em chinês

Razão SocialFoto: Roberto Setton/ Divulgação

Tempos de samba e chumbo

Peça escrita e dirigida por Gero Camilo e Victor Mendes, que nela também atuam, Razão Social reflete sobre o significado do samba na ditadura militar e traz a cantora Fabiana Cozza de volta ao teatro

Manifestação aconteceu em 1983, em frente ao teatro da universidade - Foto: Acervo/ACI – PUC-SP

Um protesto contra o peso da ditadura

Três elefantes emprestados de um circo marcaram ato de estudantes nos seis anos da invasão da PUC de São Paulo por tropas da PM

plinio2-youtube

Resistência à censura

Livro reúne ensaios sobre as diversas ações da ditadura civil-militar contra publicações, autores e editoras

Marcha contra a ditadura começou na Cinelândia - Foto: Evandro Teixeira

A Passeata dos Cem Mil

Marco da resistência à ditadura civil-militar, marcha de junho de 1968 no Rio de Janeiro foi precedida por truculência policial