"I Had Nowhere to Go", novo filme de Douglas Gordon projetado no cinema municipal Stella

Cinema de rua ganha destaque na capital grega

Novo filme de Douglas Gordon, “I Had Nowhere to Go”, e também “Return para Khodorciur – Armenian Diary” (1986), de Yervant Gianikian e Angela Ricci Lucchi, estavam na programação da mostra

SONY DSC

Tragicomédia russa

Inspiradas em experiência real, Martha Nowill e Maria Manoella revivem as aventuras e desventuras de uma viagem a Moscou

Jean Claude Bernadet 2017 foto Diego Rousseaux

Jean-Claude Bernardet: a desconstrução de um mito

Aos 80 anos, o crítico de cinema fala com franqueza sobre a morte, os dilemas do cinema contemporâneo, seus novos projetos e ”A Destruição de Bernardet”, filme em que ele é retratado de maneira livre, alternando momentos quase oníricos a uma visão crua da velhice

Joaquim and Blackie (Isabél Zuaa) - Copyright REC Produtores and Ukbar Filmes

CULTURA!Brasileiros traz sugestões de cinema

Os filmes “Joaquim”, de Marcelo Gomes; “Um Casamento”, de Mônica Simões; e “Martírio”, de Vincent Carelli são destaques de abril, além da mostra Cortina Fechada

Foto: Fred Jordão

Irandhir Santos, um operário do cinema

Aos 38 anos, 12 deles dedicados à sétima arte, Irandhir Santos brilha em Redemoinho, de José Luiz Villamarim, e contracena com Fernanda Montenegro em Piedade, de Cláudio Assis, seu 20° longa-metragem. Na entrevista a seguir, sensível e articulado, o ator fala de sua trajetória pessoal, de incursões no teatro e na TV e também da perda do amigo Domingos Montagner

Kleber Mendonça Filho, diretor de Aquarius, na locação do filme. Por unanimidade de nossos convidados, foi escolhido o melhor de 2016 no cinema. Foto: Fred Jordão

Melhores do ano na cultura

A convite da CULTURA!Brasileiros, 15 especialistas em cinema, fotografia, teatro, música e literatura elegeram o que houve de melhor nessas áreas em 2016

alvorada_makingof

Quando a realidade supera a ficção

As cineastas Anna Muylaert e Petra Costa produzem documentários sobre os bastidores do impeachment. Em entrevista à CULTURA!Brasileiros, elas falam de suas produções

person

Um equilíbrio delicado

Marina Person vive a instigante personagem Júlia, que, ao lado do marido, compõe uma trama desveladora das contradições pessoais e dos limites da intimidade