Gilead, fabricante do Truvada, tem 60 dias para recorrer da decisão. Para entidades, empresa quer criar insegurança jurídica para atrasar entrada de genéricos. Foto: Divulgação

Por que o Brasil negou patente de droga que previne HIV

Faltou “inventividade” que justificasse a propriedade industrial do Truvada, a droga de prevenção comercializada pela Gilead. Terapia pode mudar o curso da Aids no País