Reduzir maioridade não faz sentido

Brasileiros de maio chegará às bancas no dia 20 com uma reflexão para colaborar com o debate sobre a redução da maioridade penal de 18 para 16 anos: a violência contra jovens no País tem taxas de zonas de guerra, adolescentes negros têm três vezes mais chances de morrer no Brasil do que um branco, uma extrema minoria de meninos se envolvem em crimes contra a vida, a desigualdade social é o problema a ser atacado e, principalmente, é preciso proteger os jovens, não abandoná-los. Um exemplo: Herenice Santos Cruz, interna da Febem em 2001 e que hoje se sente “salva”. A redução da maioridade penal, enfim, é uma estupidez. E mais:

- Política: Em entrevista exclusiva, o ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, afirma que o governo precisa se comunicar melhor com a sociedade e diz porque acreditar ser necessária uma regulamentação da mídia no País;

- Economia: O presidente da Positivo Informática, Hélio Rotenberg, inaugura em junho uma unidade em Ruanda, na África. A empresa cresce mesmo durante o período de crise no País: tem  três fábricas no Brasil e duas na Argentina, na Terra do Fogo e na capital, Buenos Aires.

Brasileiros - 94