No vinho, a verdade e a beleza

Três paulistanas, três sommeliers. A nova cara dos entendidos de vinho no Brasil

Os rumos da Marinha, segundo Moura Neto

As missões dos navios-patrulha e das corvetas têm servido para vigiar nossa “Amazônia Azul” e para sinalizar a presença física da Marinha na proteção das riquezas do País. Mas o número de navios em operação hoje é insuficiente, especialmente diante dos novos desafios que a riqueza do pré-sal oferece. Entrevistado por Brasileiros, o comandante da… Read more »

Missão: proteger a Amazônia azul

Brasileiros embarcou em um navio-patrulha, o Guaporé, numa corveta, a Júlio de Noronha e no helicóptero desta página, para ver como se faz a proteção do petróleo brasileiro. Acompanhe

O lado B de Rogério Fasano

Dono de restaurantes e hotéis requintados, como Fasano, Gero e Parigi, o paulistano Rogério Fasano, que está inaugurando nova casa no Rio de Janeiro, é fã de carteirinha do The Clash, usa uma bicicleta velha e enferrujada para ir ao trabalho e adora uma boa coxinha

Frágeis, belos, ameaçados

Os manguezais funcionam como filtro biológico, retendo partículas e impurezas em suspensão na água

Histórias de vida e de morte nos santuários ameaçados dos manguezais de Curuçá

Grandes currais de pesca provocam o assoreamento dos rios na região do Salgado Paraense, bem onde se planeja a construção do Terminal Marítimo Offshore do Espadarte, o maior porto do Norte do País, para a exportação de minérios e soja. Velhos pescadores, como Cristóvão Monteiro Cardoso, de 77 anos, temem que a chegada do progresso acabe com a principal fonte de renda de 30 mil famílias espalhadas pelas 52 comunidades da Reserva Extrativista Mãe Grande de Curuçá criada no fim de 2002

Alegria

As histórias de Rose Vilela, a professora que mudou o comportamento da torcida da natação no Rio 2007 e conquistou o País com seus berros de incentivo ao filho,
o recordista de medalhas Thiago Pereira

Os assentos 1P e 2P

Eles são ocupados pelos profissionais cujo objetivo é sempre voltar para casa

O mostrengo e seus estragos

Como os marinheiros do tempo das navegações, os viajantes modernos embarcam para suas viagens sem saber “quando” e “se” chegarão a seus destinos

Dor

Os brasileiros estão de luto. O caos virou tragédia e invadiu a vida de todos. Nas páginas seguintes, dois jornalistas e um piloto mostram, a partir de ângulos diferentes, como chegamos a essa situação e indicam rotas de saída

Campeões do bom humor

Os atletas paraolímpicos brasileiros conquistaram o primeiro lugar no Rio 2007 não apenas no expressivo número de medalhas. Com uma comovente capacidade de se divertir com a própria deficiência, eles conquistaram ouro também no pódio da alegria

Bola e batom

Segundo lugar no Mundial da China – um vice que vale ouro –, a seleção feminina encanta o País e dá visibilidade ao esporte praticado por 30 milhões de mulheres no mundo. Nove das nossas craques já vestem camisas de clubes no exterior. Aqui, a CBF promete um Brasileirão para as moças

De Sordi & Djalma

Em 2008, a crônica esportiva tem uma data redonda para celebrar: os 50 anos da conquista de nossa primeira Copa do Mundo, na Suécia, em 1958. Brasileiros localizou e entrevistou dois heróis da Seleção Canarinho: o alegre Djalma Santos e o injustiçado Newton de Sordi

O capitão quer salvar o mar

A saga de João Lara Mesquita e seu veleiro Mar sem Fim para denunciar as mazelas da ainda exuberante costa brasileira, do Oiapoque ao Chuí

O nosso homem de Marte

Traçar estratégias e desenvolver equipamentos para conhecer melhor e conquistar o Planeta Vermelho – essa é a principal ocupação de Nilton Rennó, engenheiro brasileiro radicado nos Estados Unidos, especialista em Ciências Planetárias. Na NASA – a agência espacial norte-americana –, há mais de dez anos ele é o homem-chave dos projetos rumo a Marte