O português Tiago Mestre também apresenta seus trabalhos na galeria Millan. Já a Zipper Galeria apresenta fotos de André Penteado, resultado do projeto Missão Francesa

"Performance Frio", de Berna Reale. Foto: Divulgação

“Performance Frio”, de Berna Reale. Foto: Divulgação

Vão, individual de Berna Reale no CCBB São Paulo, de 15/7 a 28/8

Com curadoria de Agnaldo Faria, a mostra Vão reúne trabalhos inéditos de Berna Reale, produzidos exclusivamente para a exposição e que trabalham questões como vulnerabilidade, violência, gênero e abuso de poder. Na instalação fotográfica “Vã”, por exemplo, é possível ver Reale “dando socos no ar” com luvas de boxe de pelúcia rosa, contemplando assim o universo feminino. No dia da aberta, 15 de julho, a artista e o curador vão conversar com o público sobre o processo de construção da mostra.

Da série "Missão Francesa", André Penteado, 2017. 120 X 100 cm. Foto: Reprodução

Da série “Missão Francesa”, André Penteado, 2017. 120 X 100 cm. Foto: Reprodução

Missão Francesa, fotos de André Penteado na Zipper Galeria, em São Paulo, até 16/8

A mostra reúne fotos do livro Missão Francesa, do fotógrafo André Penteado. A publicação é resultado da investigação do autor sobre as possíveis heranças da Missão Artística Francesa, grupo de artistas que aportou no Rio de Janeiro, em 1816, para fundar a primeira academia de arte do Brasil. 

"Crash", Tiago Mestre, 2017. 30 x 17 x 16 cm. Foto: Reprodução

“Crash”, Tiago Mestre, 2017. 30 x 17 x 16 cm. Foto: Reprodução

Noite Inextinguível, Inexprimível Noite, individual de Tiago Mestre na Galeria Millan, até 12/8

O artista português Tiago Mestre expõe seus trabalhos, entre vídeos, esculturas e intervenções arquitetônicas, até 12 de agosto na Galeria Millan, em São Paulo. O destaque fica por conta de uma grande instalação paisagística, que parece organizar todo o restante da mostra. O nome Noite Inextinguível, Inexprimível Noite foi retirado do poema Lugar II, do poeta português Herberto Helder.

Performance de Gustavo Gallo no Mube durante exposição em homenagem a Marcello Nitsche. Foto: Reprodução

Performance de Gustavo Gallo no Mube durante exposição em homenagem a Marcello Nitsche. Foto: Reprodução

Para Marcello Nitsche, mostra no Mube, em São Paulo, até 23/7

A mostra conta com curadoria de Cauê Alves é uma homenagem ao artista Marcello Nitsche, que morreu em março deste ano. Nitsche era nome central da arte pop no país e, não à toa, a exposição abriu as portas com uma performance de Gustavo Gallo e figurino de Nitsche. A última retrospectiva do artista aconteceu há dois anos no Sesc Pompeia, em São Paulo.

Obra de Renato Castanhari que compõe a exposição Apagamento. Foto: Divulgação

Obra de Renato Castanhari que compõe a exposição Apagamento. Foto: Divulgação

Apagamento, individual de Renato Castanhari na galeria Sancovsky, em São Paulo, até 12/8

Em sua primeira individual, Renato Castanhari reúne trabalhos com tamanhos e materiais variados, com tecido, argila, ferro e madeira. Com curadoria de Nathalia Lavigne, a mostra apresenta também o procedimento pictório no processo do artista, que remove elementos, cores e camadas de suas obras.

Link curto: http://brasileiros.com.br/ZGfwe
Tags: , , , ,