Apresentador foi citado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso como o que há “ de novo” na política

Foto: Facebook

Foto: Facebook

O apresentador de televisão Luciano Huck foi citado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso como o que há “de novo” na política, assim como o prefeito de São Paulo, João Doria Jr. A afirmação foi feita em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo nesta segunda-feira (8) e gerou uma reação positiva por parte de nomes históricos do PSDB, como o ex-vereador Andrea Matarazzo, agora no PSD, e o ex-deputado federal e ex-senador José Aníbal.

Para Aníbal, Luciano Huck é “um bom cara”: “Ele foi meu eleitor em 2004, quando fui candidato a vereador. Não tenho nada contra o Luciano, ele se envolve em várias causas, é dinâmico, tem um aspecto de empreendedor que é importante, participa de start ups. Você não vai resolver o problema de emprego para jovens se não tiver oportunidade de empreender e criar”.

O tucano disse ver com bons olhos uma possível candidatura do apresentador em 2018: “Ele tem uma postura, uma vida bem interessante. É um cara que venceu como comunicador, que tem preocupações sociais, participa de muitas iniciativas e entidades do terceiro setor. Huck é uma pessoa que tem méritos, sem dúvida nenhuma”.

Ele pondera, no entanto, que é muito cedo para avaliar a força do nome do apresentador nas eleições presidenciais: “Vai depender muito, estamos a um ano e meio das eleições, num Brasil meio convulsionado. Um país buscando se recuperar de uma devastação provocada pelo lulo-petismo”.

Matarazzo concorda que 2018 ainda está longe para fazer avaliações, mas diz que Huck, assim como Doria, é um nome conhecido e que desfruta de uma boa imagem: “São fatores importantes para se construir uma candidatura. Ele tem um bom potencial”. Para o ex-vereador, lançar o apresentador como candidato significa uma renovação dentro do PSDB, “assim como o que aconteceu com o João [Doria]”. Em 2016, Matarazzo se desfiliou do PSDB, partido do qual fazia parte desde 1993. Na época, alegou que o processo de prévias para definir o candidato à Prefeitura de São Paulo foi “completamente contaminado pelo arranjo do pré-candidato João Doria”.

“O Huck tem uma formação política por causa da mãe e do pai, o marido da mãe dele, Andrea Calabi, é historicamente do PSDB. A linha de pensamento do Huck leva em conta valores importantes.  Ele sempre foi próximo às pessoas do partido. O Fernando, irmão dele, fez o documentário com o Fernando Henrique, ‘Quebrando o tabu’”, diz Matarazzo.

Link curto: http://brasileiros.com.br/phHIu
Tags: , , ,
  • Radu Narronsky

    Andrea Matarazzo? José Anibal? Dá uma gogada com os nomes deles e coloque assim respondendo por… veja a retidão dos nomes.

  • Radu Narronsky

    Que idiotice é essa, estão querendo a todo custo manipular a população com o apresentadorzinho de quinta. O que ele vai fazer para a população, reformar seus carros. Dar uma ajeitada no barraco das pessoas e fazer aquelas cenas melodramáticas para o povo chorar? O povo já está chorando.

  • Heron Cortizo

    …Parece que o Brasil não aprendeu.
    Uma sociedade que não promove o mérito, é vítima da incompetência.