Também em São Paulo acontece mostra de fotografias na Pinacoteca, Wanda Pimentel no Masp e uma exposição sobre o Impressionismo no MAM

“Luz Negra” (2017), Eduardo Basualdo. Foto: Divulgação

“Luz Negra” (2017), Eduardo Basualdo. Foto: Divulgação


CasiNo | Sentido Único
, individual de Eduardo T. Basualdo na galeria Luisa Strina, em São Paulo, até 17/6

Em segunda exposição individual na galeria Luisa Strina, Eduardo Basualdo ocupa as duas salas do espaço. Na Sala 1 o artista argentino apresenta o projeto Casino, instalação inédita produzida exclusivamente para galeria. Já para a segunda sala Basualdo leva o projeto Sentido Único, realizado para a exposição The Travelling Show, que aconteceu em 2016 na Fundación Jumex, Cidade do México.

“A última aventura de Emílio Médici” (2011), da série “Última Aventura”, Romy Pocztaruk. Foto: Divulgação

“A última aventura de Emílio Médici” (2011), da série “Última Aventura”, Romy Pocztaruk. Foto: Divulgação

Antilogias: o fotográfico na Pinacoteca, coletiva na Pinacoteca do Estado de São Paulo, de 20/5 a 07/8

Com curadoria de Mariano Klautau Filho e participação de Pedro Nery, a mostra Antilogias: o fotográfico na Pinacoteca reúne 250 obras de 60 artistas e tem como como principal eixo o acervo da Pinacoteca. Além das obras de acervo, também compõem a mostra trabalhos de artistas do Rio Grande do Sul, Pernambuco, Pará e São Paulo. 

“Natureza morta com limões e xícara” (1910), Pierre-Augusto Renoir. Foto: Divulgação

“Natureza morta com limões e xícara” (1910), Pierre-Augusto Renoir. Foto: Divulgação

O Impressionismo e o Brasil, coletiva no MAM, São Paulo, até 27/08

Com cerca de 70 pinturas, incluindo Renoir, Parreiras, Castagneto, Arthur e João Timotheo da Costa e Visconti, a mostra explica a trajetória do impressionismo no Brasil e no mundo. As obras, todas produzidas do final dos anos 1860 até a década de 1930, foram selecionadas pelo curador Felipe Chaimovich.

“Hey Luz em Cada Ventana” e “Japanese OP + Geo Art”, de Felipe Mujica. Fotos: Divulgação

“Hey Luz em Cada Ventana” e “Japanese OP + Geo Art”, de Felipe Mujica. Fotos: Divulgação

Sombras Imaginarias Vienen por el Camino Imaginario, individual de Felipe Mujica na Casa Triângulo, São Paulo, de 20/5 a 24/6

Primeira individual do artista chileno radicado em Nova York Felipe Mujica, a mostra reúne as cortinas criadas pelo artista e dá continuação ao projeto de Mujica exibido na 32ª Bienal de São Paulo, em 2016. Produzidos em parceria com o grupo Bordadeiras do Jardim Conceição, os painéis de tecido são exibidos na exposição em forma de instalações móveis e interativas.

“Fome de Sede”,  parte da exposição “Luzescrita” no Espaço Cultural Porto Seguro. Foto: Divulgação

“Fome de Sede”, parte da exposição “Luzescrita” no Espaço Cultural Porto Seguro. Foto: Divulgação

Luzescrita, no Espaço Cultural Porto Seguro, São Paulo, de 19/5 a 30/7

Poesia e fotografia se unem nesse projeto dos artistas Arnaldo Antunes, Fernando Laszlo e Walter Silveira. São cerca de 60 obras, entre vídeos, objetos, fotografias e instalações que dão luz a palavras e poemas. A mostra, que conta com curadoria de Daniel Rangel, é resultado de um trabalho de 15 anos e já passou por cidades como Curitiba, Salvador, Brasília e Rio de Janeiro.

Obra de Wanda Pimentel da série “Envolvimento”, de 1975. Foto: Divulgação

Obra de Wanda Pimentel da série “Envolvimento”, de 1975. Foto: Divulgação

Wanda Pimentel – Envolvimentos, no Masp, até 17/9

A mostra em cartaz no Masp destaca o projeto Envolvimento, série icônica da artista carioca Wanda Pimentel produzida de 1967 a 1984. Cerca de 30 pinturas com cores chapadas e vibrantes compõe a exposição, que conta com curadoria de Camila Bechelany, e retratam fragmentos do corpo feminino misturados a objetos do cotidiano. A mostra é parte de o projeto anual do museu, dedicado a questões de gênero e sexualidade. 

"A Yard of Moshi, Please" (2017), de Pablo Lobato. Foto: Divulgação

“A Yard of Moshi, Please” (2017), de Pablo Lobato. Foto: Divulgação

 

Outono, apesar de tudo, individual de Pablo Lobato na Luciana Brito Galeria, São Paulo, de 20/5 a 22/7

Segunda individual de Pablo Lobato na capital paulista, a mostra Outono, apesar de tudo apresenta trabalhos inéditos do artista mineiro, principalmente as obras produzidas durante o período em que o artista veio na Coreia do Sul e no Japão. Com curadoria de Júlio Martins, a exposição é composta por objetos, instalações, publicações e esculturas, feitas com materiais diversos como papel, tecido, sementes, corda e fio de cobre.

 

Link curto: http://brasileiros.com.br/PrNiB
Tags: , , , , , , ,