Os jornalistas de texto & imagem da Brasileiros Editora comunicam sua decisão de aderir à Greve Geral. Diante da crise política deflagrada pelo impeachment da presidenta Dilma, a situação econômica deteriorou-se ainda mais e os direitos sociais seguem retrocedendo

    greve1

Nós, os jornalistas de texto & imagem da Brasileiros Editora, que publica as revistas Brasileiros , CULTURA! Brasileiros e ARTE! Brasileiros, entramos em greve a partir da 0h do dia 28 de abril de 2017.

Decidimos parar porque consideramos que o conjunto de reformas trabalhista (PL 6787) e previdenciária (PEC 287), bem como o modelo de terceirização proposto pelo governo de Michel Temer, afeta a qualidade do trabalho que exercemos: levar informação de qualidade e interesse público para o mais amplo conjunto de brasileiros.

Nossa greve durará 24 horas, pois nos consideramos trabalhadores como todos os outros. Ressaltamos que em nossa categoria a terceirização já é uma realidade, e essas medidas apontam para uma precarização ainda maior.

Por isso, portal & redes sociais ficarão congelados até amanhã. Como profissionais de imprensa, a decisão de não cobrir a Greve Geral não foi fácil. No entanto, resolvemos nos juntar as outras categorias que param amanhã.

O conjunto de medidas que já foram aprovadas vai fazer o país retroceder nos pouco direitos que conquistamos desde a redemocratização.

Voltamos dia 29 para contar como foi.

**

Da Direção de Redação
Coerente com os princípios democráticos, demonstrados em seus dez anos de vida, a direção da Brasileiros apóia a decisão de seus jornalistas.

Link curto: http://brasileiros.com.br/C1XAO