Governo se comprometeu a liberar verba para a construção de moradia para famílias de renda mensal de até R$ 1,8 mil

Foto: Reprodução/Facebook/Mídia Ninja

Foto: Reprodução/Facebook/Mídia Ninja

 

Após 22 dias acampados na Avenida Paulista, em frente ao escritório da Presidência da República em São Paulo, o MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) se reuniu com o ministro das Cidades, Bruno Araújo, que garantiu a retomada das contratações de moradia na Faixa 1 do Programa Minha Casa Minha Vida, suspensas no governo de Michel Temer. Essa parte do programa contempla famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil.

Segundo nota do movimento, o compromisso assumido pelo governo é de que será publicada ainda neste mês a nova resolução para os projetos e a retomada das construções.

“O MTST sabe que ganhamos uma batalha, mas estamos em meio a uma dura guerra. Por isso, nossa luta não pára por aqui. Seguiremos nas ruas contra todos os ataques a direitos realizados pelo governo Temer e em luta pela democracia. Ontem não dissemos “adeus” à Paulista, mas só um “até logo”. No dia 15 tomaremos novamente esta avenida, com milhares de sem-teto, no dia de lutas contra a reforma da previdência. Assim também em todo o Brasil, nas mobilizações unitárias do movimento social”, diz a nota.

Link curto: http://brasileiros.com.br/OImp6
Tags: , ,