O peemedebista foi condenado em ação penal sobre propinas na compra do campo petrolífero de Benin, na África, pela Petrobras, em 2011, por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão fraudulenta de divisas.

CPI da Petrobras ouve depoimento do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha

O deputado cassado e ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB) foi condenado a 15 anos de prisão pelo juiz Sergio Moro nesta quinta-feira (30). O peemedebista foi condenado em ação penal sobre propinas na compra do campo petrolífero de Benin, na África, pela Petrobras, em 2011, por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão fraudulenta de divisas.

A defesa do deputado cassado informou que vai recorrer ao Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, em Porto Alegre (RS). O deputado foi preso em Brasília no dia 19 de outubro e estava detido no Complexo Médico-Penal em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (PR).

 

Link curto: http://brasileiros.com.br/UOy0W
Tags: , ,