O Datafolha ouviu 2.828 pessoas em 174 cidades brasileiras nos dias 7 e 8 de dezembro, antes da divulgação do conteúdo da delação premiada do ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrecht Cláudio Melo Filho que atinge diretamente o governo, onde Temer foi citado 43 vezes

951808-michel_firjan_20rj_-1-8

Para que a população vá às urnas e escolha um novo presidente, seria necessário que Temer deixasse o cargo até 31 de dezembro. Foto: EBC


Um levantamento feito pelo Datafolha revela que  63% dos brasileiros se disseram favoráveis à renúncia de Temer ainda neste ano para a convocação de novas eleições diretas antes de 2018. Outros 27% se disseram contra a renúncia do presidente, 6% se disseram indiferentes e 3% não souberam responder.

Para que a população vá às urnas e escolha um novo presidente, seria necessário que Temer deixasse o cargo até 31 de dezembro. Segundo o artigo 81 da Constituição Federal, um novo pleito direto deve ser convocado em 90 dias se os cargos de presidente e vice-presidente ficarem sem titulares.

O Datafolha ouviu 2.828 pessoas em 174 cidades brasileiras nos dias 7 e 8 de dezembro, antes da divulgação do conteúdo da delação premiada do ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrecht Cláudio Melo Filho que atinge diretamente o governo, onde Temer foi citado 43 vezes.  

Link curto: http://brasileiros.com.br/AMC4k
Tags: , , ,