Em entrevista, artista alagoano radicado em Recife comenta suas últimas produções; assista

Conhecido por mesclar documentário e ficção, o artista alagoano Jonathas de Andrade trabalha com suportes variados, como instalação, fotografia e filme. Em entrevista à ARTE!Brasileiros, ele comenta os seus últimos trabalhos, lançados neste ano. Um deles é O Peixe, que está em exibição da 32ª Bienal de São Paulo. O vídeo acompanha pescadores  que retêm os peixes entre seus braços até o momento da morte, numa espécie de abraço entre predador e presa. Para o artista, a obra relembra “a posição de espécie dominadora do homem”.

Ele também fala sobre seu livro Ressaca Tropical, lançado pela Ubu editora.  A obra se baseia em um diário erótico, escrito por um anônimo na década de 1970, encontrado por uma amiga da artista no lixo. O livro mescla trechos do diário com fotografias antigas de Recife, propondo uma reflexão sobre a gentrificação da cidade e as relações entre memória e história. 

Por fim, Andrade também comenta o seu projeto Convocatória para um Mobiliário Brasileiro, realizado em parceria com o Masp.  De setembro a novembro, o artista recebeu inscrições de móveis produzidos por qualquer pessoa com materiais novos ou usados. As obras selecionadas poderão ser conferidas no museu a partir de dezembro. Confira a entrevista realizada pela ARTE!Brasileiros

Link curto: http://brasileiros.com.br/sdU86
Tags: , , ,