Velocista ficou com a prata. Ele chegou a liderar a prova dos 5.000 metros rasos T11, mas o queniano Samwel Mushai Kimani conquistou o ouro por milésimos de segundo

Odair Santos, nosso primeiro medalhista na Paralimpíada - Foto: EBC

Odair Santos, nosso primeiro medalhista na Paralimpíada – Foto: EBC

O brasileiro Odair Santos, 35 anos, conquistou hoje (9) a primeira medalha brasileira nos Jogos Paralímpicos Rio 2016. Com o tempo de 15min17seg55, o atleta ficou com a medalha de prata nos 5.000 metros rasos T11.

Odair chegou a liderar a prova, mas o queniano Samwel Mushai Kimani foi mais rápido e conquistou a medalha de ouro, com 15min16seg11. O bronze ficou com o também queniano Wilson Bii, que fechou a prova com o tempo de 15min22seg96.

Goaball

O Brasil estreou com vitória hoje (8) nas disputas do goalball nos Jogos Paralímpicos Rio 2016. A equipe masculina ganhou da Suécia por 9 a 6. Dez seleções masculinas competem no esporte, que entrou para os Jogos em Toronto, em 1976.

Serão quatro jogos classificatórios, a próxima partida do Brasil acontece amanhã (9) contra o Canadá.

O goalball não é uma adaptação de esportes olímpicos, ele foi criado em 1946 para reabilitação de veteranos de guerra. O esporte é disputado por atletas com deficiência visual da classificação B1, a mais severa, à B3, a mais moderada, e para garantir a igualdade de condições todos atuam vendados.

É um esporte baseado nas percepções tátil e auditiva, por isso a torcida só pode fazer barulho durante os intervalos e na hora de comemorar o gol. As duas equipes de três jogadores devem marcar pontos lançando a bola (que tem guizos em seu interior) com as mãos em direção ao gol adversário e defender seu próprio gol. A bola de 76 centímetros de diâmetro pesa 1,25 quilo e alcança até 100 km/h.

O jogo é dividido em dois tempos de 12 minutos. Vence a equipe que tiver mais gols ao final do jogo, entretanto, quando uma equipe abre vantagem de dez gols, o jogo é encerrado imediatamente, não importa o tempo da partida.

Em 2014, a seleção brasileira masculina de goalball ganhou o campeonato mundial e dois jogadores da equipe lideraram a artilharia do torneio: Leomon Silva com 51 gols e Romário Marques com 30 gols.

*Com Agência Brasil

Link curto: http://brasileiros.com.br/w27N4
Tags: , , ,